8 dicas para economizar combustível
Data: 07/08/2017 Categoria: Dicas e cuidados

Na última semana de julho, o preço médio do litro da gasolina subiu 8,22% após a elevação dos impostos sobre os combustíveis, de acordo com o levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Na mesma semana, a Petrobras aumentou os preços nas refinarias em 3,91%. Diante de valores cada vez mais altos e instáveis, é preciso economizar para não ser tão prejudicado financeiramente.  

Confira dicas para reduzir o consumo de combustível com pequenas atitudes:


Acelere menos

Evite acelerações bruscas. Não pise no acelerador com o carro desengatado, nem estique muito as marchas, pois isso faz o motor trabalhar desnecessariamente e gasta mais combustível.

 

Fique atento às velas

Quando a faísca das velas está fraca, uma parte do combustível é eliminada pelo escapamento pois não é queimada. Para evitar esse desperdício, o ideal é trocá-las a cada 20 mil km ou no período indicado no manual do veículo.  

 

Mantenha a manutenção em dia

Manter o carro em boas condições de uso aumenta a vida útil do veículo e evita o desperdício de combustível por problemas de manutenção.

 

Não carregue muito peso

Quanto mais peso, mais consumo. Portanto, o ideal é levar apenas o necessário. Deixe para lotar o porta-malas apenas quando for realmente preciso e, ainda assim, leve só o indispensável.

 

Verifique o pneus

Pneus murchos afetam o rendimento do veículo, pois geram mais atrito com a via. É importante mantê-los sempre na pressão indicada e realizar a calibragem corretamente.  


Modere no uso do ar-condicionado

Na estrada, os vidros fechados melhoram a aerodinâmica do carro e, consequentemente, o consumo de combustível cai. No entanto, o uso do ar-condicionado também é um vilão do combustível. O ideal é usá-lo apenas quando houver necessidade.


Escolha caminhos com menos curvas e semáforos

Nem sempre o caminho mais curto é o mais econômico. Se possível, opte por percursos mais retos e que não exijam muito freio e partida.


Atenção ao alinhamento

Rodas desalinhadas também colaboram para um maior consumo de combustível, além de desgastar os pneus mais rápido. É aconselhável fazer a verificação a cada 10 mil km.