Música, respiração e rotina saudável podem reduzir o estresse no trânsito
Data: 18/07/2017 Categoria: Dicas e cuidados

Quem dirige em cidade grande sabe que a qualquer momento pode enfrentar um trânsito congestionado e acompanhado de estresse, inclusive em horários de pico. De acordo com um levantamento divulgado esse ano pela empresa de GPS e telemetria, TomTom, São Paulo é uma das 390 cidades mais congestionadas do mundo, ocupando o 71º lugar.

O tráfego lento pode causar irritabilidade, estresse, ansiedade e agressividade. No entanto, esses comportamentos só pioram a situação e fazem com que o tempo parado no congestionamento seja ainda mais exaustivo. Tentar se afastar dessas energias negativas é o primeiro passo para reverter esse cenário ou, ao menos, aprender a lidar com ele de uma maneira mais saudável.

Um levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que, aproximadamente, nos últimos 20 anos, o tempo das viagens nas regiões metropolitanas cresceu três vezes mais do que nas cidades longes da capital. Diante de tantas pessoas se locomovendo ao mesmo tempo, para evitar engarrafamentos, inclusive em horários de pico, o motorista pode buscar caminhos alternativos e menos movimentados.

Entretanto, caso não seja possível fugir do congestionamento, existem algumas práticas que podem ajudar a relaxar nesse momento desagradável. Ouvir músicas, realizar alongamentos, respirar devagar (inspirando e expirando o ar) e ignorar pessoas nervosas são ações que podem colaborar para que o trajeto seja mais proveitoso. No entanto, é importante continuar atento ao fluxo de veículos para não se distrair e causar acidentes.

Dormir bem, manter uma rotina com horários para descanso, ter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas regularmente também são atividades que auxiliam a manter a calma. Essas atitudes ajudam as pessoas a lidarem melhor com situações estressantes como o trânsito e, além disso, colaboram para uma boa qualidade de vida.